Com gráficos bem realistas, “Uncharted 4: A Thief’s End” finalmente é lançado!

Saudações pequenos gafanhotos! Chegava o Natal, mas não chegava Maio não é mesmo?! Pois é, o tempo de espera já acabou, e hoje temos um dos laçamentos mais aguardados do ano: “Uncharted 4: A Thief’s End”, depois de um atraso aqui e ali, o que realmente importa é que o grande dia chegou!

uncharted1
Screenshot do game “Uncharted 4: A Thief’s End”.

Uncharted 4 será a conclusão da saga de jogos produzida pela Naughty Dog (estúdio responsável também pela produção de “The Last Of Us”), que conta as aventuras de Nathan Drake, um caçador de tesouros, que estava aposentado e vivendo tranquilamente com sua esposa Elena Fisher, no entanto a saudade de sentir a adrenalina no corpo, o faz se juntar novamente com o seu irmão Sam e embarcar novamente na caça ao tesouro que os dois deixaram para trás nos anos anteriores.

uncharted3
Screenshot do game “Uncharted 4: A Thief’s End”.

Vejam um dos trailers oficiais de “Uncharted 4: A Thief’s End”, exibido na PlayStation Experience 2015:

A data de lançamento oficial do game “Uncharted 4: A Thief’s End” é 10 de maio de 2016, exclusivo PS4, podendo ser comprado em mídia digital na PSN Store por até R$199,99 e Deluxe Edition por R$269,99; além mídia física variando em até R$199,00.

Gamers, contem para gente as suas expectativas para o final das aventuras de Nathan Drake! ?

Curta-nos e Siga-nos:

Microsoft anuncia que vai permitir cross-platform entre consoles

A Microsoft anunciou que vão abrir o sistema Xbox Live para que seja possível que os jogadores da Xbox One em modo multijogador online, possam jogar contra jogadores do PC e PlayStation 4.

microsoft-logo

Chris Charla, diretor do programa ID@Xbox, confirmou que irão fornecer as opções e suporte necessário para as produtoras que desejem incluir esta opção, permitindo assim aos subscritores do Xbox Live jogar com os utilizadores da PlayStation Network e de outros serviços para o PC. Onde esta medida será aplicada tanto na console como em dispositivos que usem o Windows 10.

windows-10-logo-800x445 xbox-live-logo-01-1200x440-1453209687  psn-logo-622-crop

 

Os responsáveis por Rocket League, já confirmaram que o seu jogo será compatível com o cross-platform entre o PC e a Xbox One, dando o salto para outras plataformas num futuro próximo.

Rocket League - Psyonix
Rocket League – Psyonix
Curta-nos e Siga-nos:

Crítica #003 | Until Dawn: terror americano clichê

Nos primeiros minutos de gameplay  de Until Dawn e pelo som inicial, logo pensei: “Cara, finalmente um jogo de terror bem legal, assustador!” – pelo menos foi essa a reação que tive, já que não sou acostumada a jogar muitos jogos de terror. Engano meu! Admito que levei uns bons sustos e dei vários pulinhos no sofá (como disse, não sou acostumada com jogos de terror), porém de modo geral, a história do jogo é bem clichê, e daqueles clichê de filme de terror americano, com adolescentes estúpidos, bêbados e que só querem… bem vocês sabem.

Until Dawn™
Screenshot tirado por @nicholasgeek em 30/01/2016.

O jogo é um exclusivo PS4, do estúdio Supermassive Games. Claro, o game foi super bem produzido, dá para ver isso nos bônus, os gráficos são bem feitos, e bem detalhados, a jogabilidade é boa também, e para quem não sabe o jogo foi filmado e digitalizado com atores de verdade, no meu ponto de vista o destaque foi o ator Rami Malek (à la Mr. Robot), mas em geral a atuação dos atores foi incrível. Mas a história… aaah, a história, essa deixou a desejar e caiu no modo clichê.

Until Dawn™
Screenshot tirado por @nicholasgeek em 30/01/2016. – Personagem Josh, interpretado por Rami Malek.

No jogo, é você que faz o desenrolar da história, que conta com o efeito borboleta, ou seja, suas decisões e atitudes vão influenciar na história, e principalmente influenciar em quem vive, e quem morre.

Until Dawn™
Screenshot tirado por @nicholasgeek em 30/01/2016.

Em Until Dawn, o jogador controla 8 personagens: Sam, Jessica, Emily, Ashley, Chris, Josh, Matt e Mike. Tudo acontece em uma casa na montanha, é inverno e está nevando muito, é difícil falar dessa parte sem dar spoilers…

Until Dawn™
Screenshot tirado por @nicholasgeek em 30/01/2016.

Em resumo, houve um desaparecimento das irmãs gêmeas de Josh, a Beth e Hannah. Um ano depois após o ocorrido, o grupo de jovens são convidados por Josh para voltar a casa da montanha, na intenção de se divertirem no inverno e passarem mais um final de semana juntos. E é ai que a história realmente começa… Um psicopata mascarado de palhaço começa a “caçar” os jovens.

Until Dawn™
Screenshot tirado por @nicholasgeek em 30/01/2016.

O jogo é baseado em 10 episódios, cada um durando no máximo 40 minutos, ou seja, o jogo é bem rápido, e se você estiver com tempo, você consegue zerar em um dia. Os primeiros episódios são bem introdutórios, onde você conhece os personagens e suas características, uns são bem irritantes, e é quando você começa a decidir quem morre e quem vive.

Until Dawn™
Screenshot tirado por @nicholasgeek em 30/01/2016.

O jogo revela uma grande surpresa, algo inesperado, e além disso tem um personagem que chama a atenção do jogador do começo ao fim, é o Dr. Hill, um analista psiquiátrico, e descobre do que, você jogador, tem medo. Aaah e vale uma dica da forma que eu interpretei: você fica, de fato, pensando que o analista está observando você, mas ai vem a surpresa posteriormente, o que para foi para mim o mais louco e assustador do jogo inteiro.

Until Dawn™
Screenshot tirado por @nicholasgeek em 30/01/2016.

O efeito borboleta é bem aplicado no jogo, o que remete a Terceira Lei de Newton: “Toda ação tem uma reação.”; e é isso que deixa o jogo interessante, a apesar dos momentos clichês de terror americano. O jogo esconde “totens” da cultura dos índios americanos que devem ser encontrados pelo jogador; esses totens trazem premonições do que pode ou não acontecer no jogo. Além disso existe um vídeo, que fica no inventário do jogo, que se completa aos poucos, conforme os totens são encontrados.

Until Dawn™
Screenshot tirado por @nicholasgeek em 30/01/2016.

O vídeo conta de forma resumida a história da montanha e o porquê dela ser amaldiçoada. Por isso é importante encontrar todos os totens, só assim você conseguirá ver o vídeo por completo, e ainda há chances de você terminar o jogo sem encontrar todos os totens, e consequentemente terminar o jogo sem assistir o vídeo completo.

Until Dawn™
Screenshot tirado por @nicholasgeek em 30/01/2016.

Um ponto bem positivo para quem não conseguiu encontrar todos os totens e assistir o vídeo por completo, é que o jogador pode jogar os capítulos novamente, alterando até o desenrolar da história, no entanto para liberar essa possibilidade, é preciso ter zerado o jogo ao menos uma vez.

Until Dawn™
Screenshot tirado por @nicholasgeek em 30/01/2016.

O jogo está classificado para maiores de 18 anos, e essa classificação faz jus à gameplay, que tem várias cenas de violência, sangue e até tripas.

Until Dawn™
Screenshot tirado por @nicholasgeek em 30/01/2016.

De modo geral, Until Dawn é jogo bom, que cumpre com a ideia de ser um game de terror e sobrevivência, no qual o efeito borboleta é bem aplicado, deixando o destino dos personagens nas mãos do jogador. Para os mais medrosos como eu ou os que não estão acostumados com games de terror, com certeza vão levar alguns sustos, já para os mais corajosos e que não sentem medo de nada, o jogo pode não ser uma experiência assustadora, mas sim engraçada. E mais uma vez, lembrando que o clichê é bem forte no jogo.

Until Dawn™
Notas do ponto de vista gamer Always Geek
Curta-nos e Siga-nos:

Novo Call Of Duty chega no final de 2016

Não é novidade para ninguém que a grande franquia Call Of Duty vem fazendo sucesso com o seu último jogo lançado em 2015 em Black Ops 3 !!!

CODBO3
Call of Duty: Black Ops III

Recentemente a produtora Inifity Ward de Call of Duty: Ghosts, divulgou oficialmente em seu Twitter que estão ansiosos para mostrar o que eles estão desenvolvendo para um novo Call of Duty.

Screenshot: Tweet da Infinity Ward
Screenshot: Tweet da Infinity Ward

Ainda não tem nada divulgado se será uma continuação de Modern Warfare ou de Ghosts. Enquanto não sai mais informações para informar à vocês, iremos ter que aguardar, ansiosamente por mais um jogo da franquia.

Curta-nos e Siga-nos:

Xbox One e PC terão Cross-Buy

O que seria Cross-Buy devem estar se perguntando né? Bom, Cross-Buy é um método onde seus jogos estarão sincronizados em qualquer tipo de console, por exemplo você está jogando seu jogo favorito em um console e você está usando a TV da sala e seus pais pedem para você sair porque eles querem ver TV e ai você fica nervoso com a situação certo?! Pois é com esse Cross-Buy você agora pode pegar um PC com sincronização do seu console e da onde você parou no console você pode dar continuidade ao seu jogo agora em outra plataforma! Fantástico não?!

Pois bem, a Playstation já tem alguns jogos que contem esses Cross-Buy (lista abaixo).

  • Call of Duty: Advanced Warfare (PS4/PS3)
  • Resogun (PS4/PS3/Vita)
  • Minecraft (PS3/Vita)
  • OlliOlli (PS4/PS3/VIta)
  • Guacamelee (PS3/Vita)
  • Sly Cooper: Thieves in Time (PS3/Vita)
  • Divekick (PS3/Vita)
  • Hotline Miami (PS4/PS3/Vita)
  • Playstation All-Stars Battle Royale (PS3/Vita)
  • Flower (PS4/PS3/Vita)

E agora a Microsoft quer fazer com que todos os jogos no Xbox One se torne Cross-Buy com seu PC. O Windows 10 serão consideradas uma plataforma para a Microsoft. O chefe de Xbox, Phil Spencer, disse que haverá uma opção de Cross-Buy , ou seja, de compra compartilhada, entre as duas plataformas. O anúncio aconteceu depois de Quantum Break, um exclusivo do Xbox One ter ganhado a versão para PC.

QuantumBreak

Phill Spencer, falou em seu Twitter para alguns jogadores interessado nisso que ele fará isso como um “bom serviço de plataforma.”

Segue o trailer de Quantum Break:

E aí gamers, o que vocês acharam Cross-Buy ? Comentem conosco!

Curta-nos e Siga-nos:

Os games mais esperados de 2016

Saudações pequenos gafanhotos! E hoje viemos com um post bem especial para o nosso querido público gamer! Como já falamos aqui no AG, 2015 foi um ano excelente para o mundo dos jogos, cheios de novidades, remasterizados, tecnologia entre outras coisas. E parece que 2016 não vai ser diferente disso.

Desde o ano passado, o que sabemos é que 2016 não irá faltar jogos, além disso já temos possíveis novidades para 2017. O público gamer em geral está com bastante expectativas para este ano, desde jogos para consoles Xbox, PS4 e Wii até para PCs. Realmente, o ano só está começando, e o que a indústria de jogos reserva para este ano é simplesmente espetacular.

Confira a lista que fizemos com os jogos mais aguardados de 2016:

Horizon: Zero Dawn

O jogo é o primeiro RPG a ser produzido pelo estúdio Guerrilha Games, além de ser uma franquia inédita para a produtora, desde “Killzone” em 2004. A história basicamente surge em volta da personagem Aloy, uma caçadora que enfrenta dinossauros robóticos em universo pós-apocalíptico mil anos no futuro. O jogo será exclusivo para a plataforma PlayStation 4, e será lançado ainda em 2016, porém sem data especifica definida.

 

The Last Guardian

“The Last Guardian” está sendo desenvolvido pelo estúdio japonês Team Ico. O enredo do jogo, foca na amizade entre um garoto e uma criatura gigante semelhante à um grifo. O jogo tem perspectiva em terceira pessoa, onde o jogador controla o garoto, e um combinação de ação-aventura e puzzle. “The Last Guardian” também será um exclusivo, sendo lançado ainda em 2016 (sem data especifica) para PlayStation 4.

Uncharted 4: A Thief’s End

“Uncharted 4” será a última aventura de Nathan Drake, o jogo é um exclusivo para PS4, assim como os seus anteriores, com data de lançamento para 27 de abril de 2016.

 

Homefront: The Revolution

“Homefront: The Revolution” será um jogo para maiores de 18 anos, com um enredo que promete fazer os jogadores mergulharem em mundo cheio de emoções e luta pela liberdade. O jogo será em mundo aberto, para jogar em primeira pessoa. Produzido pela Dambuster Studios, o game tem data de lançamento para meados do segundo trimestre de 2016, e estará disponível para Xbox, PS4 e PC.

 

Unravel

“Unravel” inicialmente era um game indie, desenvolvido pelo estúdio Coldwood Interactive. O jogo ganhou um belo publish depois de receber uma boa aclamação critica na conferência de imprensa da EA durante a E3 2015. “Unravel” tem um belo cenário e mostra as aventuras de Yarny, uma criatura feita de lã vermelha. O jogo será lançado para PC, Xbox One e PS4 em 9 de fevereiro de 2016.

Hitman

Para quem não conhece, este será o sexto título da franquia de jogos do “Hitman”, produzido pela IO Interactive e distribuído pela Square Enix. A série se desenrola em volta do Agente 47, um assassino profissional clonado procurado pela elite. O jogo será lançado em 11 de março de 2016, e estará disponível para Xbox, PS4 e PC.

 

Dark Souls III

“Dark Souls III” será o quarto jogo da série “Souls” e o terceiro da série “Dark Souls”, desenvolvidas pela From Software e distribuído pela Bandai Namco. O jogo é um RPG eletrônico em terceira pessoa. “Dark Souls III” será lançado no dia 24 de março de 2016 no Japão e 12 de abril de 2016 na América e na Europa; estará disponível para Xbox, PS4 e PC.

 

Deus Ex: Mankind Divided

“Mankind Divided” é o quinto jogo da série “Deus Ex”, produzido pela Eidos Montreal e publicado pela Square Enix. O jogo tem como tema cyberpunk que combina om elementos RPG de ação, e tem como personagem principal Adam Jensen. “Deus Ex: Mankind Divided” tem data de lançamento para 23 de agosto de 2016, e estará disponível para Xbox One, PS4 e PC.

 

Detroit: Become Human

O enredo do jogo mostra a história de Kara, uma androide que escapa do lugar onde foi construída para explorar sua mente e o seu verdadeiro eu. “Detroit” está sendo produzido pela Quantic Dream e será publicado pela Sony, sendo um exclusivo para PS4. O jogo tem previsão de lançamento para 2016, ainda sem data especifica definida.

 

Crackdown 3

“Crackdown 3” será um jogo de ação-aventura de tiro em primeira pessoa. Está sendo desenvolvido pelo estúdio Reagent Games e será publicado pela Microsoft Studios, exclusivo para Xbox One. O game será lançado em 2016, ainda sem data especifica.

Battleborn

O jogo será em primeira pessoa, está sendo desenvolvido pela Gearbox Software e será publicado pela 2K Games, com data de lançamento em 03 de maio de 2016, estará disponível para PC, Xbox One e PS4.

Doom

“Doom” é um jogo de tiro em primeira pessoa, onde o objetivo principal de cada jogador é encontrar a saída, onde a qual o leva para o próximo, tudo isso passando por vários obstáculos. O jogo produzido pela Id Software, será lançado no segundo trimestre de 2016 para Xbox One, PS4 e PC.

Tom Clancy’s The Division

“The Divison” é um jogo de tiro tático jogado em terceira pessoa no mundo aberto. O game está sendo produzido pela Ubisoft sobre a marca Tom Clancy. O enredo contado pelo jogo é sobre uma doença que se espalha nos Estados Unidos; o jogador faz parte do grupo de pessoas que não estão infectadas chamado “The Divison” (A Divisão). O grupo foi criando para combater a ameaça, recebendo ordens diretas do Presidente do país, na intenção de salvar o que resta da sociedade.

Dreams

“Dreams” é um jogo desenvolvido pela Media Molecule e publicado pela Sony, sendo um exclusivo para PlayStation 4. A própria editora disse que está construindo um lugar onde o jogador poderá explorar o sonho dos outros, e poderá criar o próprio. Media Molecule promete fazer os gamers  viajar horas e horas na imaginação de milhares de usuários do PS4. É aguardar para ver! O jogo será lançado ainda este ano, mas sem data definida.

Final Fantasy XV

Como a maioria dos gamers sabem, “Final Fantasy” uma série de jogos de RPG de ação-aventura desenvolvido pela Square Enix para PlayStation e Xbox One, e este será o décimo quinto título da série, com lançamento para 2016, sem data especifica definida.

The Legend of Zelda Wii U

Um dos favoritos da Nintendo, terá uma nova aventura a ser explorada! Com lançamento previsto para 2016, mas sem data especifica, o novo jogo da série “The Legend of Zelda” para Wii U promete explorar um vasto mundo sem fronteiras, onde Link irá se deparar com novos desafios e inimigos.

No Man’s Sky

“No Man’s Sky” será um jogo de ficção cientifica com elementos de aventura e sobrevivência, desenvolvido pela Hello Games. O foco do jogo é exploração, onde o jogador cria e define sua própria experiência. O lançamento está previsto para junho de 2016, para plataformas PS4 e PC.

Mass Effect: Andromeda

“Mass Effect: Andromeda” é um jogo de RPG de ação e tiro em terceira pessoa, produzido pela BioWare e publicado pela Eletronic Arts, com lançamento para o quarto trimestre de 2016, estará disponível para Xbox One, PS4 e PC.

Overwatch

“Overwatch” é o primeiro jogo FPS produzido pela Blizzard, um shooter multiplayer com mapas divertidos e uma atmosfera focada em equipes com heróis. O jogo está com data de lançamento prevista para o segundo trimestre de 2016, em plataformas Xbox One, PS4 e PC.

Mirror’s Edge Catalyst

“Mirror’s Edge Catalyst” é um jogo de ação-aventura desenvolvido pela EA DICE e publicado pela Eletronic Arts. O jogo será um reboot de “Mirror’s Edge” de 2008. Será lançado no dia 26 de maio de 2016 para Xbox One, PS4 e PC.

Gears of War 4

É um jogo de tiro em terceira pessoa, produzido pelo estúdio The Coalition e será publicado pela Microsoft Studios para Xbox One, previsto para o quarto trimestre de 2016. O jogo é o quarto título da série “Gears of War”.

Tom Clancy’s Ghost Recon: Wildlands

É um jogo de ação com tiro em terceira pessoa no mundo aberto. Está sendo desenvolvido pela Ubisoft, também sobre a marca Tom Clancy. O jogo será lançado em 2016, mas sem data especifica, para Xbox One, PS4 e PC.

Quantum Break

“Quantum Break” é um jogo de ação em terceira pessoa com um sistema de cobertura com poderes de manipulação do tempo, que está em desenvolvimento pelo estúdio Remedy Entertainment e será lançado pela Microsoft Studios no dia 5 de abril de 2016, exclusivo para Xbox One.

ReCore

“ReCore” promete ser um jogo de ação e aventura, que está sendo desenvolvido pela Concept Armature Studio e será publicado pela Microsoft Studios, sendo mais um exclusivo para a Xbox One, com data de lançamento para o segundo trimestre de 2016.

XCOM 2

Os PCs não ficaram de fora da exclusividade, “XCOM 2” é a continuação da série “XCOM”, que está em desenvolvimento pela Firaxis Games e será publicado pela 2K Games. “XCOM 2” seguirá a sequência de “XCOM: Enemy Unknown” de 2012. A data de lançamento do jogo será em 5 de fevereiro de 2016.

 

World of Warcraft: Legion

“World of Warcraft: Legion” será o sexto jogo da expansão de MMORPG “World of Warcraft” da produtora Blizzard, que pretende lançar o jogo até o dia 21 de setembro de 2016 para PC.

Street Fighter V

“Street Fighter” já é um clássico dos jogos de luta, e a produtora Capcom já está com lançamento agendado para o dia 16 de fevereiro de 2016 do quinto capitulo da série, que será lançado para Xbox One, PS4 e PC.

 

The Witness

O jogo será um puzzle 3D que está em desenvolvimento pela Thekla Inc com lançamento programado para 26 de janeiro de 2016 para PS4 e Xbox One e posteriormente para iOS. O jogo de passa em um mundo aberto, onde o jogador tem como objetivo resolver enigmas que são baseados em interações com labirintos.

 

Total War: Warhammer

“Total War: Warhammer” será o décimo título da série “Total War”, está sendo desenvolvido pela Creative Assembly e serás publicado pela Sega, com data de lançamento prevista para 28 de abril de 2016.

E ai,  o que acharam? Comente conosco o que vocês acham dos jogos a serem lançados neste 2016!

Curta-nos e Siga-nos:

O que esperar do mercado de jogos para 2016?

Este ano de 2015, de longe, foi do mercado de entretenimento! Este post não é pra falar de números e nem estatísticas do mercado em si, mas sim do que ele é e do que vem se tornando. Esta palavra: ENTRETENIMENTO! Esse ano foi da imaginação das pessoas, sem dúvidas! Vimos excelentes filmes serem lançados, séries e animações, tudo ali: feito minuciosamente por pessoas. Além de tudo isso, vimos os games. Aaaah os games! Esse ano foi de arrebentar para o mercado de jogos! Desde os Triple AAA até os indies e mobiles! Que ano maravilhoso para os jogos! E que honra estar entrando neste mercado, que só cresce e cresce!

gif-tlou

Esse 2015, particularmente foi bem especial para mim em relação aos games. Foi o ano em que eu ajudei a fundar o Always Geek, esse blog aqui por qual eu tenho muito amor, para falar de uma das coisas que eu mais amo desde que me conheço por gente: GAMES! Hoje, estamos com duas pessoas no AG, mas quem sabe essa sementinha aqui não cresça e floresça? Tudo pode acontecer…

admiration

Esse ano eu joguei muito, mas muito mesmo. Investi dinheiro comprando jogos, investi tempo jogando jogos. Sim, se tornou investimento, vendo pelo lado de que eu também estou entrando neste mercado. Eu investi mais amor por jogos! Conheci novos nomes e franquias, vi jogos antigos, serem remasterizados e outros da minha infância adquirirem a retrocompatibilidade. Eu joguei os indies, como Journey e Shiny, e me apaixonei! Alguns gamers, podem até pensar que não vale a pena comprar ou jogar um jogo indie, pelo contrário, ai é que tem que jogar mesmo! No indie, tem muito sentimento, não que os jogos Triple AAA não tenham; mas os indies, tem um especial a mais, porque você fica curioso de como aquilo foi desenvolvido por gente como a gente, sem game studio e com o cotidiano apertado em sua maioria; às vezes sem investimento no inicio do desenvolvimento; mas ainda assim, com muita dedicação e amor, entregue para o público gamer! E no fim de todo esforço e dedicação, é maravilhoso ver isso e jogar um game indie!

Eu fui em eventos deste mundo aqui, que fato é nerd/geek, onde tive oportunidades de interagir e imergir com jogos de diversas plataformas e tecnologias VR (Virtual Reality), o futuro está chegando! Esse ano, eu me tornei mais disso aqui, e me sinto orgulhosa e feliz por isso.

journey-gif

2015 sem dúvidas mostrou que games não é só coisa de criança, e que já deixou de ser só de criança a muito tempo, já diz Shigeru Miyamoto, criador de franquias como “Mario” e “The Legend of Zelda”“Videogames fazem mal? É o que diziam sobre o Rock’n Roll” . Os games mostrou para muitos que você pode desenvolver algo, mostrou que com isso aqui você pode ganhar dinheiro, fazer entretenimento e fazer seu futuro!

gif-tlou2

Tivemos jogos, como “Fallout 4”  e “Halo 5: Guardians” que em sua estreia de vendas, faturou milhões de dólares. Tivemos games indies que bateram games Triple AAA. Tivemos games brasileiros fazendo sucesso e dando o que falar por aí. Foi lindo! É emocionante presenciar tudo isso acontecer, e poder imaginar que em breve posso estar participando disso, não só como gamer, mas também como alguém que produz e desenvolve entretenimento.

gif-tlou3

Esse ano foi desafiante e difícil para conciliar tudo. Eu entrei em um curso de especialização para aprender a desenvolver jogos, ao mesmo tempo ajudando a criar o Always Geek, e no meio do ano me tornei CEO & Founder de um grupo indie. Fiz o roteiro de um jogo, de uma história, que estava aqui em minha mente. Estou de fato, colocando a minha imaginação para desenvolver e produzir. E então compartilhei com outras pessoas essa história, e juntos, atualmente somos a Prosper Games e estamos dando o nosso melhor para fazer de “Redemption: Turn In History” de fato um jogo,  e quem sabe, ingressarmos no mercado de Games Indie! Já dizia Joel em “The Last Of Us”: “Não importa o que aconteça, você está sempre lutando por algo.”

concept_portal

Se 2015 foi tudo isso para os games, de 2016 eu só tenho que esperar o dobro. Mas no fundo já sabemos que vai ser o triplo de tudo, o triplo de diversão, de interação e de imersão! Que venha mais do futuro e mais da tecnologia para os gamers! 🙂

triplo

 

O Always Geek deseja um Feliz Natal e um Feliz Ano Novo à todos! Que em 2016, todos nós possamos jogar mais, desenvolver mais e sermos mais! Até 2016 pequenos gafanhotos! ???

carpeado

Curta-nos e Siga-nos: