Microsoft anuncia que vai permitir cross-platform entre consoles

A Microsoft anunciou que vão abrir o sistema Xbox Live para que seja possível que os jogadores da Xbox One em modo multijogador online, possam jogar contra jogadores do PC e PlayStation 4.

microsoft-logo

Chris Charla, diretor do programa ID@Xbox, confirmou que irão fornecer as opções e suporte necessário para as produtoras que desejem incluir esta opção, permitindo assim aos subscritores do Xbox Live jogar com os utilizadores da PlayStation Network e de outros serviços para o PC. Onde esta medida será aplicada tanto na console como em dispositivos que usem o Windows 10.

windows-10-logo-800x445 xbox-live-logo-01-1200x440-1453209687  psn-logo-622-crop

 

Os responsáveis por Rocket League, já confirmaram que o seu jogo será compatível com o cross-platform entre o PC e a Xbox One, dando o salto para outras plataformas num futuro próximo.

Rocket League - Psyonix
Rocket League – Psyonix
Curta-nos e Siga-nos:

O que esperar do mercado de jogos para 2016?

Este ano de 2015, de longe, foi do mercado de entretenimento! Este post não é pra falar de números e nem estatísticas do mercado em si, mas sim do que ele é e do que vem se tornando. Esta palavra: ENTRETENIMENTO! Esse ano foi da imaginação das pessoas, sem dúvidas! Vimos excelentes filmes serem lançados, séries e animações, tudo ali: feito minuciosamente por pessoas. Além de tudo isso, vimos os games. Aaaah os games! Esse ano foi de arrebentar para o mercado de jogos! Desde os Triple AAA até os indies e mobiles! Que ano maravilhoso para os jogos! E que honra estar entrando neste mercado, que só cresce e cresce!

gif-tlou

Esse 2015, particularmente foi bem especial para mim em relação aos games. Foi o ano em que eu ajudei a fundar o Always Geek, esse blog aqui por qual eu tenho muito amor, para falar de uma das coisas que eu mais amo desde que me conheço por gente: GAMES! Hoje, estamos com duas pessoas no AG, mas quem sabe essa sementinha aqui não cresça e floresça? Tudo pode acontecer…

admiration

Esse ano eu joguei muito, mas muito mesmo. Investi dinheiro comprando jogos, investi tempo jogando jogos. Sim, se tornou investimento, vendo pelo lado de que eu também estou entrando neste mercado. Eu investi mais amor por jogos! Conheci novos nomes e franquias, vi jogos antigos, serem remasterizados e outros da minha infância adquirirem a retrocompatibilidade. Eu joguei os indies, como Journey e Shiny, e me apaixonei! Alguns gamers, podem até pensar que não vale a pena comprar ou jogar um jogo indie, pelo contrário, ai é que tem que jogar mesmo! No indie, tem muito sentimento, não que os jogos Triple AAA não tenham; mas os indies, tem um especial a mais, porque você fica curioso de como aquilo foi desenvolvido por gente como a gente, sem game studio e com o cotidiano apertado em sua maioria; às vezes sem investimento no inicio do desenvolvimento; mas ainda assim, com muita dedicação e amor, entregue para o público gamer! E no fim de todo esforço e dedicação, é maravilhoso ver isso e jogar um game indie!

Eu fui em eventos deste mundo aqui, que fato é nerd/geek, onde tive oportunidades de interagir e imergir com jogos de diversas plataformas e tecnologias VR (Virtual Reality), o futuro está chegando! Esse ano, eu me tornei mais disso aqui, e me sinto orgulhosa e feliz por isso.

journey-gif

2015 sem dúvidas mostrou que games não é só coisa de criança, e que já deixou de ser só de criança a muito tempo, já diz Shigeru Miyamoto, criador de franquias como “Mario” e “The Legend of Zelda”“Videogames fazem mal? É o que diziam sobre o Rock’n Roll” . Os games mostrou para muitos que você pode desenvolver algo, mostrou que com isso aqui você pode ganhar dinheiro, fazer entretenimento e fazer seu futuro!

gif-tlou2

Tivemos jogos, como “Fallout 4”  e “Halo 5: Guardians” que em sua estreia de vendas, faturou milhões de dólares. Tivemos games indies que bateram games Triple AAA. Tivemos games brasileiros fazendo sucesso e dando o que falar por aí. Foi lindo! É emocionante presenciar tudo isso acontecer, e poder imaginar que em breve posso estar participando disso, não só como gamer, mas também como alguém que produz e desenvolve entretenimento.

gif-tlou3

Esse ano foi desafiante e difícil para conciliar tudo. Eu entrei em um curso de especialização para aprender a desenvolver jogos, ao mesmo tempo ajudando a criar o Always Geek, e no meio do ano me tornei CEO & Founder de um grupo indie. Fiz o roteiro de um jogo, de uma história, que estava aqui em minha mente. Estou de fato, colocando a minha imaginação para desenvolver e produzir. E então compartilhei com outras pessoas essa história, e juntos, atualmente somos a Prosper Games e estamos dando o nosso melhor para fazer de “Redemption: Turn In History” de fato um jogo,  e quem sabe, ingressarmos no mercado de Games Indie! Já dizia Joel em “The Last Of Us”: “Não importa o que aconteça, você está sempre lutando por algo.”

concept_portal

Se 2015 foi tudo isso para os games, de 2016 eu só tenho que esperar o dobro. Mas no fundo já sabemos que vai ser o triplo de tudo, o triplo de diversão, de interação e de imersão! Que venha mais do futuro e mais da tecnologia para os gamers! 🙂

triplo

 

O Always Geek deseja um Feliz Natal e um Feliz Ano Novo à todos! Que em 2016, todos nós possamos jogar mais, desenvolver mais e sermos mais! Até 2016 pequenos gafanhotos! ???

carpeado

Curta-nos e Siga-nos:

Playstation 4 ganha jogos de Playstation 2

AGNovidades

No último sábado a Playstation anunciou 8 grandes jogos da franquia Playstation 2 para o novo console da 7ª geração o Playstation 4.

meta-data-images_ps2

Os jogos estão disponíveis para compra apenas nas mídias digitais para todos os usuários da Playstation Store.

Jogos disponíveis na Playstation Store (Foto: Divulgação/Sony)
Jogos disponíveis na Playstation Store (Foto: Divulgação/Sony)

Todos os jogos estão sendo lançados em 1080p , com melhorias gráficas, com troféus, etc. Na lista já temos:

  • Dark Cloud
  • Grand Theft Auto III
  • Grand Theft Auto: Vice City
  • Grand Theft Auto: San Andreas
  • Rogue Galaxy
  • The Mark of Kri
  • Twisted Metal: Black
  • War of the Monsters

Assista ao Vídeo Promocional da Playstation:

 

Curta-nos e Siga-nos:

The Game Awards 2015

AGNovidades

Com grande prazer que estamos aqui para anunciar os melhores jogos de 2015 que nos levaram a grande emoções, adrenalina, expectativa, ansiedade e muito mais!!! Vamos deixar o melhor para o final então começamos com grandes jogos que foram nomeados:

game_awards_2015_logo

Desenvolvedora do Ano
CD Projekt Red
Melhor Roteiro
Her Story (Sam Barlow)
Melhor Trilha Sonora
Metal Gear Solid V: The Phantom Pain (Kojima Productions/Konami)
Melhor Atuação
Viva Seifert (Her Story)
Games for Change
Life is Strange (Dontnod Entertainment/Square Enix)
Melhor Jogo de Ação/Aventura
Metal Gear Solid V: The Phantom Pain (Kojima Productions/Konami)
Melhor RPG
The Witcher 3: Wild Hunt (CD Projekt Red / Warner Bros Interactive Entertainment)
Melhor Jogo de Luta
Mortal Kombat X (NetherRealm Studios / Warner Bros Interactive Entertainment)
Melhor Jogo para Família
Super Mario Maker (Nintendo)
Melhor Jogo de Corrida/Esportes
Rocket League (Psyonix)
Melhor Experiência Online
Splatoon (Nintendo)
Melhor Direção de Arte
Ori and the Blind Forest (Moon Studios / Microsoft Studios)
Jogo Mais Esperado
No Man’s Sky (Hello Games)
Jogador de e-Sports do Ano
Kenny “Kennys” Schrub (CS: Global Offensive)
Time de e-Sports do Ano
Optic Gaming (Call of Duty)
Personalidade do Ano
Greg Miller
Melhor Criação de Fãs
Portal Stories: Mel por Prism Studios

E agora os melhores classificados foram:

Melhor Jogo de Tiro
Splatoon (Nintendo)

Splatoon - Nintendo
Splatoon – Nintendo

Melhor Jogo Independente
Rocket League (Psyonix)

Rocket League - Psyonix
Rocket League – Psyonix

Melhor Jogo para Mobile/Portátil
Lara Croft GO (Square Enix Montreal/Square Enix)

Lara Croft GO - Square Enix
Lara Croft GO – Square Enix

E o grande vencedor que levará o premio de melhor jogo do ano vai para…

Jogo do Ano
“The Witcher 3: Wild Hunt” – (CD Projekt Red)

The Witcher 3 - Wild Hunt - CD Project
The Witcher 3 – Wild Hunt – CD Project
Curta-nos e Siga-nos:

Resumão Always Geek: BGS 2015

Saudações Gamers!

Sim! Hoje é dia daquele resumão no capricho! Muita coisa rolou nesses dias de Brasil Game Show, e nós do Always Geek estivemos presentes na BGS em 3 de 5 dias de feira, e deu para ver tudo o que aconteceu na feira, as novidades que estão por vir e muito mais.

ag_img

Nos dias em que não fomos a feira, acompanhamos as coisas pela internet, vamos começar pelas plataformas:

Xbox One

Como alguns de vocês devem saber, Phil Spencer que é nada mais, nada menos que o chefe (#likeaboss) da divisão Xbox dentro da Microsoft, foi um dos principais convidados internacionais da BGS. Spencer veio ao Brasil, especialmente para a Brasil Game Show, e deixou aquele recado: “Controlaremos games com a mente no futuro”. Interessante essa fala não?! Phil também falou um pouco sobre o HoloLens, que é o projeto de realidade aumentada da Microsoft, e afirma também, que no futuro as pessoas irão interagir muito mais com os videogames do que atualmente. Além disso, Phil Spencer também afirmou que o Brasil está no top 5 no mercado de games, e que o país se mantém forte mesmo com a crise. “Halo 5: Guradians” e “Rise of the Tomb Raider”, ambos exclusivos, são os grandes lançamentos da Xbox One para este ano.

Xbox - Forza 6
Xbox – Forza 6

Rise of the Tomb Raider - Xbox One
Rise of the Tomb Raider – Xbox One

O estande da Xbox na BGS, estava sensacional, tinha um espaço com 4 consoles apenas para os games indies, a Microsoft fez questão de criar o ID@Xbox para os indies atuais e para os futuros #GamesIndies que estão por vir, e isso me impressionou bastante e me deixou bem animada com esse espaço que a Microsoft abriu para a galera indie. Jogamos o Shiny da Garage 227, tanto no estande deles na área Indie, quanto lá no estande da Xbox, o jogo é sensacional e bem interativo, simples, porém com gráficos bonitos e muito gostoso de se jogar! A Xbox estava distribuindo um kit com camiseta, bottons e adesivo, para quem jogasse no PC com Windows 10 e controle Xbox, e também teve distribuição de picolés. O estande estava bem animado, teve competição de “Killer Instinct”, mais consoles com os jogos como “Final Fantasy XV”, “Mortal Kombat X”, “Halo 5: Guradians”, “Gears of War”, simuladores com “Forza 6”, e ainda teve o sorteio da edição especial do “Xbox One Halo 5 – Edition”.

IMG_0970
Estande Xbox

Playstation

O estande da Playstation, também estava muito bom, em todos os dias de BGS, tivemos a presença do Ryo Mito, produtor do game “Cavaleiros do Zodíaco: Alma dos Soldados”. Mito afirmou que sabe da popularidade do anime no Brasil, e devido a isso a Bandai Namco resolveu lança-lo aqui, com dublagem em português e com as vozes originais dos personagens. Vale lembrar que o game do CDZ já está disponível para vendas, somente para PS3 e PS4.

Bandai Namco - Estande Playstation
Bandai Namco – Estande Playstation

Em todos os dias da BGS, tivemos apresentações dentro de um mini auditório exclusivo, no qual teve um trailer estendido do que tinha sido exibido na E3, sobre “Uncharted 4: A Thief’s End”, e em seguida uma gameplay ao vivo de um dos produtores e um dos desenvolvedores de “Horizon: Zero Dawn”. Teve também a apresentação da Diretora de Áudio de “Assassin’s Creed: Syndicate”, que também foi exibido um trailer estendido do game. Ambos, responderam perguntas feitas pelo público que lhes assistiram, o que foi muito bacana e gratificante para quem conseguiu ver. Além disso, nos telões da Playstation, sempre estavam exibindo trailers de alguns jogos, como “Star Wars: Battlefront”, “Uncharted 4: A Thief’s End”, Apresentações do game dos CDZ e “Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm 4”. Já nas filas para jogar no PS4, tinha o beta do “Star Wars: Battlefront”, “Uncharted: The Nathan Drake Collection”, “Dark Souls III”, “Cavaleiros do Zodíaco: Alma dos Soldados”, “Street Figther V”, “Until Dawn” e “PES 2016”.

IMG_0948
Estande da Playstation

IMG_1222
Estande da Playstation

Virtual Reality

Outro destaque do evento foi a Realidade Virtual, os principais estandes que tinham a VR, eram os da NVIDIA com o Oculus GameWorks VR, onde podia jogar o “Eve Valkyrie”, e o estande da Samsung com o Samsung Gear VR, no qual tinha o jogo do Angry Birds, e um vídeo interativo feito por alguns surfistas profissionais como o Gabriel Medina, na qual você ficava sob uma plataforma de prancha de surf para assistir o vídeo.

Entre outros…

Os demais estandes também estavam bem interativos, teve jogos como “Guitar Hero Live”, “Rock Band 4”, simuladores de carro e avião, “Just Dance 2016” no estande da Ubisoft, entre outras coisas. As lojas de modo geral, estavam com preços bacanas, tinha a loja oficial da Sony, Playstation e Razer, da qual fizemos ótimas aquisições como camisetas e produtos oficiais do game “The Last Of Us”, o game “God of War 3 Remastered”, que estava 20 reais mais barato do que na internet; Razer Green Kraken Pro e Mouse DeathAdder, capinha Battlefield 4 para iPhone 5, todos compramos com preços mais baratos do que na internet também.

Produtos adquiridos na BGS 2015
Produtos adquiridos na BGS 2015

Algumas lojas, estavam vendendo produtos oficiais de colecionador. Realmente, esse ano tinha muito mais coisas comparado ao ano passado. A BGS em si sempre é ótima, nossa primeira vez no evento foi na edição de 2014, e logo, nós da equipe Always Geek decidimos que iriamos em mais dias na edição de 2015. E fomos, sem nenhum arrependimento! A meta agora é ir na edição de 2016 em todos os dias de BGS, para termos as oportunidades de participar dos dias de Imprensa, Business e BGS Premiere. Brasil Game Show é um evento perfeito para quem é fã de games e da cultura pop em geral, sem contar que o ingresso tem um preço bem acessível, não é à toa que a BGS sempre tem ingressos esgotados e todos os dias de evento lotados de gamers, nerds e geeks!

(fotos gerais: como cosplays, estandes, etc – no maximo 3 fotos)

IMG_0998 IMG_0965
IMG_1249

E você que ainda não conhece o evento, não deixe de ir nas próximas edições, pelo menos para conhecer e ver como é realmente bom, desde a estrutura e organização até as novidades do mundo dos games e tecnologia! Se pudéssemos resumir a Brasil Game Show em apenas uma palavra: É SENSACIONAL!!!

Curta-nos e Siga-nos:

Always Geek na Brasil Game Show ?\o/?

Saudações pequenos gafanhotos! 

Estamos cientes de que estamos um pouco distante, e que já faz algumas semaninhas que não postamos nada aqui no site ou na nossa page no Facebook. Entretanto, tudo isso tem um bom motivo: estamos jogando alguns games que saíram recentemente, para trazer novidades quentinhas para vocês que nos acompanham, e além disso o tempo anda meio corrido pra gente…! Enfim, tem muita coisa boa vindo por aí! ?

Fiquem ligados na nossa page no Facebook: https://www.facebook.com/wearegeekalwaysgeek e no nosso Twitter: https://twitter.com/always_geek ?
Fiquem ligados na nossa page no Facebook: https://www.facebook.com/wearegeekalwaysgeek e no nosso Twitter: https://twitter.com/always_geek

Nesse feriadão estaremos na BGS, hoje, domingo e segunda, conhecendo as novidades que terão na feira, os novos games, demos e lançamentos, e iremos fazer aquele resumão supimpa para vocês, com fotos e tudo o que achamos da maior feira de games da América Latina nesses três dias em que estaremos lá! ?

camiseta
Estaremos vestindo a camisa aqui do nosso blog, literalmente! 😀

Estaremos vestindo a nossa camiseta do Always Geek, que foi feita especialmente para os fundadores do AG usarem na BGS. Então, se você ver a gente por lá, fique a vontade para falar com a gente e nos cumprimentar com um “Saudações pequenos gafanhotos!”

É isso ai gamers, terça-feira tem novidades quentinhas para vocês, sobre a maior feira de games da América Latina, a Brasil Game Show!   ?\o/?

Curta-nos e Siga-nos:

Curiosidades de The Last Of Us

Saudações Geek’s, cá estamos aqui mais uma vez! E hoje, com um conteúdo um pouco diferente da rotina das quartas-feiras do site. Hoje, o nosso post vai falar mais um vez sobre The Last Of Us, esse game maravilhoso que não para de receber elogios e prêmios! Mais do que merecido na opinião da equipe Always Geek, já falamos de #TLoU aqui, através de uma crítica. Dessa vez, fizemos uma pesquisa para trazer para vocês pequenos gafanhotos, um lista de algumas curiosidades sobre #TLoU, desde o enredo até a produção. Pois bem, vamos começar então:

 

Sem continuação The Last Of Us 2 e muito menos 3, até o momento:

Apesar da Sony ter registrado os nomes The Last Of Us 2 e 3 e inclusive para um filme do jogo, o que é muito comum empresas e estúdios de games fazer pelo fato que de que “podemos precisar no futuro”; a Naughty Dog não fez o game pensando em continuações, afim de focar uma, isso mesmo, apenas uma história em Joel e Ellie.

Screen Shot The Last Of Us - Remasterizado PS4 - Tirado por @nicholasgeek em 01/03/2015
Screenshot The Last Of Us – Remasterizado PS4 – Tirado por @nicholasgeek em 01/03/2015

A única “continuação” por enquanto, relacionada à The Last Of Us, é a historia paralela de Left Behind, que pode ser adquirida por meio de DLC para PS3 e comprando o jogo para PS4, essa DLC já vem inclusa na mídia física. Há fontes também, de que a possibilidade de uma sequência de #TLoU, foi deixada de lado por causa de Uncharted 4: A Thief’s End.

left-behind
Imagem de divulgação “Left Behind”.

 

Enredo de muita pesquisa, ciência e natureza!

O fungo usado para inspiração do parasita mortal, que transforma o individuo em “zumbi”, foi o Cordyceps (cujo nome cientifico é: Ophiocordyceps unilateralis). Esse fungo é conhecido por soltar esporos que invadem e dominam o sistema nervoso de insetos, como formigas, deixando-as exatamente como “pequenos zumbis”.

inseto_zumbi
Até que são bem parecidos não é mesmo? À esquerda uma lagarta contaminada pelo Cordyceps e à direita um zumbi estalador do game.

Os produtores do game, tiveram a ideia de trazer esse fungo para o enredo após assistirem o documentário Planet Earth. Criando assim a possibilidade do fungo penetrar o sistema nervoso do ser humano, transformado-os em verdadeiros zumbis. Além disso para o enredo do jogo, foi feita uma pesquisa sobre centenas de epidemias e doenças, e como as pessoas ficam em quarentena, afim de criar o clima pós-apocalíptico presente no game.

 

Teve gente que não gostou muito da Ellie…

Para quem não sabe personagem Ellie, chegou a ser comparada com a atriz Ellen Page, mesmo após a personagem ter passado por vários processos de re-design. Na época do lançamento de #TLoU para PS3, a atriz já estava atuando em outro game, o Beyond: Two Souls. E ainda em uma sessão do “Ask Me Anything” no Reddit, Page comentou: “eu acho que eu deveria me sentir lisonjeada por eles terem pego a minha aparência, mas na verdade eu estou atuando em game chamado Beyond: Two Souls, então isso não é legal”.

ellie
Realmente, são muito parecidas! À esquerda Ellie de The Last Of Us, à direita a atriz Ellen Page.

 

 

O Soundtrack perfeito!

A trilha sonora do enredo de The Last Of Us, foi escrita de maneira junta com o jogo. Todo o soundtrack foi recebido logo no começo da produção do game, e assim ficou mais fácil de encaixar as músicas com o tema do momento e as situações. A pessoa responsável por essa trilha sonora tão intensa, foi Gustavo Santaolalla, um músico argentino que já ganhou dois Oscars de Best Original Score, em dois anos consecutivos, por Brokeback Mountain em 2005 e Babel em 2006.

The Last Of Us, é emocionante e não adianta conter as lágrimas!

Os game-testers de #TLoU se emocionaram muito ao finalizar o jogo. O enredo intenso, a relação de pai e filha entre Ellie e Joel, e toda a conectividade da música com as cenas finais do game, fizeram a equipe da Naughty Dog cair em lágrimas. Nós da equipe Always Geek, também nos emocionamos muito ao finalizar o jogo e ao ver como a história de The Last Of Us acabou, foi impossível conter o nó na garganta e vontade de chorar, tanto por finalizar o jogo como pela história em sí, e apostamos que quem jogou, sentiu o mesmo!

Comentem abaixo, sua experiência ao jogar The Last Of Us:

 

 

Curta-nos e Siga-nos: